Dominium analisa à Gazeta do Povo efeitos das transferências de tecnologia do Brasil para negócios do agro

Estratégias do chamado “soft power” em países africanos pode ampliar comércio exterior e oportunidades

Agência Dominium | Brasília, 05/05/2023

A Dominium Consultoria, empresa especializada em relações institucionais e governamentais e public affairs, analisou ao portal Gazeta do Povo os efeitos das transferências de tecnologia do Brasil no comércio internacional do agro.

Ao ser questionado pelo jornalista Silvio Ribas sobre os ganhos para China e Brasil com essas parcerias, sobretudo em países africanos, o analista sênior da consultoria, Gustavo Bernard, falou em pragmatismo comercial do governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos países emergentes. Segundo a reportagem, a transferência de tecnologia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para países como Angola, Gana e Moçambique, pode criar concorrentes para o agro no Brasil.

“Esse discurso do presidente e do próprio setor agrícola pelo combate à fome abre, por outro lado, caminhos pragmáticos para contemplar interesses de empresas brasileiras que estão se instalando na África”, disse Bernard. Segundo o especialista em comércio exterior, não só empresas de máquinas e implementos agrícolas mas outras nacionais podem ganhar com esse tipo de diplomacia.

“A transferência tecnológica envolve contratos de longo prazo e contrapartidas comerciais entre países participantes e o setor privado”, explicou Bernard.

Segundo a reportagem, o Ministério da Agricultura quer revisar o modelo de atuação da Embrapa e redesenhar o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária (SNPA), formado pela estatal, organizações estaduais de pesquisa, universidades e institutos, visando melhorar conexões entre criação de tecnologia nacional e usos privados.

Acesse a íntegra da reportagem da Gazeta do Povo: Clique aqui.

©2021 Dominium