Equipe ministerial do governo Lula tem 21 ministros anunciados

Outros 16 nomes devem ser divulgados até próxima semana

Brasília, 22/12/2022

A equipe ministerial do governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva tem 21 nomes oficializados. A expectativa do novo governo, que tomará posse no próximo dia 1º de janeiro de 2023, é divulgar a totalidade dos nomes dos 37 ministérios até a próxima semana. O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, também será ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Na semana passada, Lula confirmou os nomes de Fernando Haddad (Fazenda), Flávio Dino (Justiça), Rui Costa (Casa Civil), José Múcio Monteiro (Defesa) e Mauro Vieira (Relações Exteriores).

Nesta quinta (22), mais 16 nomes foram confirmados: Wellington Dias (Desenvolvimento Social), Nísia Trindade (Saúde), Márcio Macedo (Secretaria Geral da Presidência), Camilo Santana (Educação), Alexandre Padilha (Secretaria das Relações Institucionais), Luiz Marinho (Trabalho), Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovações), Jorge Messias (Advocacia Geral da União), Silvio Almeida (Direitos Humanos), Anielle Franco (Igualdade Racial), Márcio França (Portos e Aeroportos), Margareth Menezes (Cultura), Cida Gonçalves (Mulheres), Esther Dweck (Gestão e Inovação) e Vinicius Carvalho (Controladoria Geral da União).

Os ministérios que ainda faltam anunciar os nomes são: Povos Indígenas, Previdência Social, Esporte, Cidades, Integração e Desenvolvimento Regional, Meio Ambiente, Transportes, Minas e Energia, Comunicações, Turismo, Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pesca e Aquicultura, Comunicação Social, Segurança Institucional e Planejamento e Orçamento.

©2021 Dominium